uno, dos, tres...
André
Bruno
Kleiton
Laura
Leandro
Rafael
Thiago
14

hello, hello!
Cão Uivador
Dilbert blog
Forasteiro RS
GPF
Improfícuo
La'Máfia Trumpi
Limão com sal
Malvados
Moldura Digital
Notórios Infames
PBF archive
Wonderpree

hola!
Barbazul
Na falta do que fazer...
DeLorean?
A força das palavras
Escolhas
Pensando bem, tô sem ânimo de ir ao cinema
Until the end of the world
Por onde eu começo?
Considerações randômicas, óbvias e ululantes
E em fevereiro...

Swinging to the music
A 14 Km/seg
Expressão Digital
Peliculosidade
Suando a 14
Tá tudo interligado
Cataclisma14 no Pan
Libertadores 2007

dónde estás?


all this can be yours...





RSS
Free Yourself I
Kleiton - 30 janeiro 2006 - 11:18
Só pra deixar bem claro de começo: não é viadagem nenhuma. Conheço bem os leitores-autores desse blog, e acho esse comentário necessário. Passamos ao texto propriamente dito.

Já há mais ou menos um ano venho utilizando o pacote Mozilla para navegação (Firefox) e para administração de e-mails (Thunderbird). Para os que não sabem, eles são conhecidos como Software Livre, ou Open Source - termo que vem sendo utilizado há pouco tempo pelo duplo sentido da palavra "free" em inglês. "Free" pode ser 'livre' ou pode ser 'grátis', e nos princípios de software livre em momento algum se fala algo como "deve ser gratuito". Como não é essa discussão o objeto principal do post, deixo-a para um outro momento. Mas pesquisem - recomendo a Wikipedia.

Esses dois programas são ótimos, e dão DE RELHO no Internet Explorer e no Outlook, programas normalmente burros e extremamente vulneráveis. Com essa boa referência, juntei coragem e baixei o OpenOffice em casa (na Procergs quase só uso ele). Não me deixa na mão, embora tenha alguns problemas de compatibilidade com o pacote da Microsoft. Mas enfim, não é insuportável como o Office, e é até um pouco mais inteligente que ele. Ainda está com muito saldo positivo.

Agora dei um salto maior. Na verdade, é por causa desse salto que eu estou escrevendo. Neste exato momento, estou postando para o Cataclisma14 SEM USAR O SISTEMA OPERACIONAL DA MICROSOFT (aquele que tranca, mostra telas azuis e nos irrita profundamente pela incapacidade de funcionar direito quando a gente mais precisa). Instalei na Procergs o Ubuntu, uma das mais recentes e comentadas distribuições de Linux.

Esse é apenas o primeiro post de uma série. É pra dizer pra todo mundo que estou feliz porque NUNCA MAIS MEUS PROGRAMAS VÃO EXECUTAR UMA OPERAÇÃO ILEGAL. Simplesmente porque só o Tio Bill sabe dizer o que raios isso significa - e talvez nem ele mesmo.

Aguardem a seqüência, a idéia é fazer uma trilogia. Além desse, ainda pretendo fazer um post FALANDO MAIS SOBRE SOFTWARE LIVRE E SOBRE O UBUNTU, e um último FAZENDO UMA AVALIAÇÃO DO UBUNTU, após umas duas semanas de utilização. Minha primeira impressão, pasmem, é ótima.

Beijos nas gurias e abraços pro resto.
Comentários: 7